Dócil, essa raça que surgiu na Inglaterra é enérgica e pode ser um ótimo companheiro para sua família

Com tantas raças disponíveis, escolher um novo pet para você e para sua família é um processo longo e com uma série de aspectos que devem ser considerados. Isso porque, sendo um cão de raça ou um vira-lata, cachorros têm características específicas que interferem em diversos dos seus traços, como a personalidade e o seu tamanho, e, por isso, podem não se encaixar na rotina dos tutores.

Sendo assim, é necessário pesquisar e saber o máximo possível sobre as raças dos cães antes de escolher um deles, que será seu companheiro por boa parte da vida. Uma das opções existentes — sobre a qual iremos falar hoje — é o Staffordshire Bull Terrier, um cão originário da Inglaterra e que, mesmo com sua cara de bravo, é extremamente amável e pode surpreender qualquer pessoa por isso.

Saiba agora tudo o que você precisa antes de escolher o Staffordshire Bull Terrier como seu novo pet!

História

De origem inglesa, o Staffordshire Bull Terrier faz parte do grupo de cães da raça terrier e, por isso, é considerado um cão de caça. Uma mistura do Buldogue com o Terrier, muito utilizado em caças sangrentas e para disputas em arenas de touros, sua função de caça se tornou menos popular quando esportes do tipo foram banidos do território inglês em 1835.

O Staffordshire Bull Terrier chegou à América do Norte pouco tempo depois, no fim do século XIX, e, graças às evoluções proporcionadas pelo criador James Hinks, tornou-se um dos cães favoritos entre os estadunidenses por ser confiável, enérgico e amoroso.

Porte e expectativa de vida

Apesar da sua baixa estatura, possuindo entre 38 cm e 40 cm de altura, o Staffordshire Bull Terrier é considerado um cão de médio porte devido a sua musculatura e a sua força.

Ele pode pesar entre 11kg e 18kg, comumente tendo cerca de 15kg, e sua expectativa de vida é de 12 anos.

Cores e pelo

O Staffordshire Bull Terrier é reconhecido pelo destaque da cor branca em seu pelo: mesmo podendo ter cerca de cinco cores diferentes — possuindo o pelo avermelhado, castanho, branco, preto ou preto azulado —, são as partes brancas que geralmente aparecem no peito, ao redor do focinho ou nas orelhas que se destacam.

Os pelos do cão são macios, e sua troca ocorre durante o ano todo. Em detrimento disso, é necessário penteá-los ao menos uma vez por semana.

Temperamento

Não se deixe enganar pela cara de bravo: o Staffordshire Bull Terrier é, na verdade, um cão muito amável. Devotado aos seus tutores, são ótimos companheiros, carinhosos e muito apegados a eles.

A raça inclusive ganhou o apelido de “cão-babá” por sua devoção aos recém-nascidos: eles costumam cuidar de bebês como se fossem seus próprios filhos, além de serem ótimas companhias para crianças crescidas.

Com visitantes e com estranhos, a regra é simples: ele será dócil, desde que não sinta que sua família está sendo ameaçada.

Disposição

Essa é uma raça cheia de energia e, por isso, pode se tornar destrutiva quando a energia não é gasta. Ao ter um Staffordshire Bull Terrier em casa, é importante ter em mente que será necessário fazê-lo gastar energia com brincadeiras, com passeios ou com atividades físicas.

O cão também não é fã de ficar sozinho em casa: por ser muito apegado à família, ele pode se sentir rejeitado, caso fique muito tempo sem ver seus tutores.

Apesar disso, é possível ter essa raça em apartamento, desde que sejam tomados os cuidados necessários para cuidar dela — e para evitar a destruição do ambiente ao redor — durante o dia a dia. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.