Não é novidade que a tecnologia trouxe praticidade para muitas pessoas e principalmente para a indústria, como a invenção da tinta térmica, por exemplo. E para a gestão de indústrias não tinha como ser diferente.

Desta forma, essas inovações proporcionaram a criação de ferramentas que vão auxiliar nesse processo e garantir um melhor funcionamento dos processos de gerenciamento industrial, que irá ser desenvolvido de maneira mais eficaz e prática por meio de programas que auxiliam na otimização industrial. Quer saber mais? Continue lendo!

Quais são as quatro ferramentas indispensáveis para a gestão de indústrias? 

Pensando na praticidade que a tecnologia trouxe para a indústria, veja aqui quais são esses importantes mecanismos que vão facilitar o dia a dia do setor industrial, visando a praticidade e otimização do tempo, são eles:

Análise de SWOT (ou F.O.F.A)

Strengths (pontos fortes), Weaknesses (pontos fracos), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças), esse sistema analisa toda a conjuntura, interna e externa de uma empresa, buscando ações efetivas de modificar a estrutura do problema, que é visto de maneira ampla e preventiva. 

Ciclo PDCA

Do inglês, Plan, Do, Check, Act, esse sistema vai proporcionar a melhoria constante dos processos, visando planejar, fazer, checar e agir com ações corretivas para evitar rupturas e problemas dentro da empresa, solucionando-os sempre que aparecerem em uma linha de montagem de uma mesa rústica de madeira, por exemplo. 

Diagrama Espinha de Peixe

Também conhecido como diagrama de Ishikawa, ou diagrama de Causa e Efeito, ele vai ser uma ferramenta efetiva na hora levantar as possíveis causas de um problema e encontrar a verdadeira causa dele, de modo a ser resolvido pela “raiz”, para que nunca mais volte a ocorrer.

Mapa Mental

Pode parecer ser o mais simples dessa estrutura, mas é um dos mais eficientes, pois é uma macroestrutura de uma organização, vendo todos os problemas amplamente e organizando todos os itens por meio de ramificações até o fator central, que será enquadrado como o causador de algum problema ou falha dentro da produção. 

Quais benefícios essas ferramentas podem trazer para uma empresa?

Vendo as ferramentas e seus usos, é importante se ater aos benefícios que elas trazem para o setor industrial e para a gestão dessa indústria, pois seus sistemas organizacionais vão proporcionar um aproveitamento pleno de seus recursos, são eles:

  • Uma equipe organizada;
  • Bom relacionamento entre os colaboradores;
  • Compreensão e resolução de problemas;
  • Otimização de tempo em processos industriais;
  • Prevenir a empresa para o caso de problemas e ameaças;
  • Minimizar as fraquezas do seu empreendimento;
  • Brainstorms funcionais;
  • Organização de palestras e treinamentos de equipe;
  • Organização da equipe de modo que todos possam entender o que aconte;
  • Saber quais são as melhores resoluções para cada tipo de problema;
  • Criação de manuais e projetos de prevenção de situações de risco;
  • Implementação de práticas mais saudáveis dentro da empresa.

Desta forma, se uma indústria de armários de aço com 2 portas, por exemplo, fizer uso desse tipo de gerenciamento, ela vai poder usufruir de todos esses benefícios e garantir um ótimo funcionamento da sua empresa.

Este artigo foi produzido por Eduarda Prestes, criadora de conteúdo do Soluções Industriais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.